5

[Resenha] A Casa do Lago

em terça-feira, 5 de setembro de 2017
A Casa do Lago
Kate Morton
464 Páginas 
Editora Arqueiro

A Casa do Lago escrito por Kate Morton traz uma história delicada, com um toque de mistério e uma narrativa um tanto melancólica, mostrando os sacrifícios que são feitos em nome da família e do amor.

É o primeiro livro que eu leio da autora e me surpreendi com a narrativa, que envolve o leitor conforme surgem os acontecimentos, deixando-os curiosos para saber qual é o mistério que envolve a família Edevane. O único ponto negativo para mim durante a leitura foram os primeiros capítulos onde não conseguia me conectar com a leitura. Mas quando percebi, estava ansiosa querendo saber tudo o que acontecera aos personagens, desejando o final de todos.

A trama acontece entre o passado e o presente, mostrando os acontecimentos da família Edevane no ano de 1933, e no presente, a investigação da detetive Sadie Sparrow em 2003.

Em 1933, a casa da família Edevane está preparada para festa do solstício, e Alice, uma jovem e promissora escritora, tem ainda mais motivos para comemorar, pois além de criar um desfecho surpreendente para seu primeiro livro, ela está apaixonada. Porém, à meia-noite, os Edevanes sofrem uma perda devastadora que os leva a deixar a mansão para sempre. 

Em 2003, a detetive Sadie é obrigada a tirar uma licença após se envolver demais em um caso e para que não seja ainda mais prejudicada, precisa se manter afastada. Onde ela decide passar um tempo na casa do avô, na Cornualha e em um dos seus passeios ela se depara com uma casa abandonada rodeada por um bosque, descobrindo a história de um bebê que desapareceu sem deixar rastros. 

Decidindo investigar esse desaparecimento, Sadie entra em contato com Alice Edevane, uma famosa escritora policial, que procura sempre fazer as tramas mais perfeitas para os seus livros. Mas o que Alice não esperava era que Sadie começasse a desencavar segredos do passado que a senhora sempre tentou fugir....

E assim, acompanhando passado e presente, e o leitor conhece toda a história da família Edevane, desde o casamento dos pais, Eleanor e Anthony, como o nascimento das filhas - Clementine, Deborah e Alice - assim como todo o período até o nascimento de Theo. Acompanhamos também os tormentos de Sadie que além de precisar lidar com o caso que a obrigou se afastar da policia, ainda tem um segredo do passado.

A história é recheada de drama e suspense, sendo que os acontecimentos do passado são o ponto alto da história. É interessante acompanhar os segredos da família, as mentiras, o romance que acontece, sendo que no presente, apenas acompanhamos Sadie tentando desvendar o mistério do desaparecimento da criança.

A autora cria com maestria personagens falhos e complexos, assim como um enredo impecável que não deixa o leitor perdido diante dos acontecimentos do passado e do presente. Como citado logo no começo do texto, o único ponto negativo foi que o começo da história demorou um pouco para envolver devido a narrativa descritiva da autora. Mesmo assim, a trama vale muito a pena, e acredito que outros leitores não se importam com esse estilo de narrativa. 


Em suma, A Casa do Lago foi uma grande surpresa, com uma trama impecável, personagens falhos e humanos, e uma história primorosa. Quem ainda não conhece a história da autora, é um ótimo livro para começar.

Nota:



5 comentários:

  1. Heiii, tudo bem?
    Como vc tb adorei a leitura da Casa do Lago.
    O inicio foi meio lento, mas que bom que o final foi surpreendente.
    A capa está maravilhosa e ja quero outros livros da autora.

    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  2. Olá Carla, tudo bem?
    Essa autora é um sucesso de vendas lá fora, embora nunca tenha lido nada dela e nem lido muitas resenhas brasileiras sobre seus livros.

    Adorei seu texto. O livro tem uma pegada investigativa que me despertou curiosidade.

    Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  3. Sempre que vejo essa capa eu lembro do filme de mesmo titulo!! huahuahuahu
    Não conheço ainda a autora, mas achei a historia legal.
    Vou notar a dica para uma leitura futura!
    Parabéns pela resenha!!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Ei Carla,
    Achei a edição desse livro maravilhosa! Sei que muita gente que leu teve a mesma sensação que você no começo o livro parecia que iria ser ruim, mas depois viciou de uma forma que a pessoa não conseguia parar de ler.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
  5. Olá! Que delícia saber que se trata de uma história que você adorou! É comum demorarmos a "pegarmos o jeito" na leitura, às vezes os capítulos iniciais são extremamente descritivos ou, ainda, por não conhecermos bem o personagem, a leitura custa a fluir. Mas eu gostei, me pareceu um bom drama, fiquei curiosa pela questão do desaparecimento e de misturar passado e presente. Então, vou ler com certeza!
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
Google+