6

[Resenha] Meu Jeito Certo de Fazer Tudo Errado

em terça-feira, 26 de setembro de 2017
Meu Jeito Certo de Fazer Tudo Errado
Klara Castanho, Luiza Trigo
384 Páginas
Editora Arqueiro

Meu Jeito Certo de Fazer Tudo Errado escrito através da amizade entre Klara Castanho e Luiza Trigo que traz a história de Giovana, uma jovem que se muda com a família para São Paulo.

O que mais me chamou a atenção na história é a veracidade dos pensamentos e atitudes de Giovana, que para ser aceita em uma nova escola, acaba fazendo várias coisas erradas que não são de seu costume.

A história de Giovana surgiu através da amizade de Klara Castanho com Luiza Trigo, que se conheceram em uma sessão de autógrafo. Um ano após esse encontro, inquieta e cheia de ideias, Klara pediu ajuda de Luiza com o conteúdo de um programa jovem de entrevistas que planejava fazer na internet, baseado no que via no dia a dia. Depois de trabalhar um pouco no que Klara havia escrito, Luiza sugeriu: “Que tal pegarmos esses textos e transformarmos em um livro?”. Klara adorou. E assim surgiu a história de Giovana.

Na trama, acompanhamos os dilemas da adolescência, onde Giovana não sabe se obedece sempre aos pais ou vai à busca de sua independência. Andando com um grupo de jovens populares no colégio, para não ser a "careta", Giovana começa a matar aula, fumar, a beber, apenas não ser excluída do grupo. E Giovana não sabe o que fazer, ela quer fazer parte desse grupo, viver esses momentos de rebeldia, ao mesmo tempo, sabe que algumas atitudes são erradas e contra suas convicções. Mas continuar sendo ela mesma, se todo o grupo fica tentando convencê-la a fazer ao contrário?

Dessa forma, acompanhamos os erros e acertos de Giovana, que no decorrer da história amadurece descobrindo os verdadeiros amigos, qual é o seu verdadeiro amor, e também quem é a verdadeira Giovana.

E é isso que eu mais gostei na trama, essa autenticidade das situações vividas pela protagonista, que age erroneamente apenas para não ser excluída do grupo de amigos populares.

Quem nunca desejou participar daquele grupo mais popular da escola? Que não se sentiu excluído e diferente? Que agiu contra as próprias convicções apenas para ser aquela pessoa legal e fazer parte daquele grupo? E as dúvidas que sentiu diante das "panelinhas", sem saber se fez algo errado ou não que desagradou ao grupo?

Giovana apenas quer fazer parte, se sentir uma pessoa querida pelo grupo, mas em diversas situações percebemos o quanto ela está sendo usada por algumas pessoas. Sua rebeldia, seu medo de falar com os pais faz com que ela acabe mentindo muitas vezes, e essa nem sempre é a melhor saída.



Meu Jeito Certo de Fazer Tudo Errado é um livro voltado para o público jovem que me divertiu muito, tanto que não conseguia parar a leitura até saber tudo o que Giovana viveria até amadurecer e ver o que estava fazendo de errado. Leitura garantida e que essa parceria renda mais livros, pois fiquei com aquele gostinho de quero mais.

Nota:



6 comentários:

  1. Oi, Carla!
    Eu já tinha visto esse livro em algumas resenhas e confesso que o título me encantou. Mas, eu nunca tinha ido atrás da sinopse ou de saber do que se tratava, mas é um livro que acho que irei gostar bastante de ler, mesmo não sendo mais tão jovem. Eu li As vantagens de ser invisível e acho que tem um pouco haver com o enredo, só que quem narra é um garoto e ele também parece se meter em muitas coisas no colégio, para poder ser aceito na turma com a qual anda.
    Sua resenha ficou maravilhosa, parabéns!
    Abração,
    Drica.

    ResponderExcluir
  2. Oi Carla tudo bem?
    Esse realmente parece ser aquele tipo de livro muito engraçado, acho que iria rir e muito ao lê-lo, gostei de saber a sua opinião e adorei o narrador, parece ser aquele livro bom para sair de uma ressaca pesada, dica anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oi Carla,
    Não conhecia esse livro.Primeiro parabéns para as autores pegarem um tema tão interessante e levar ao público jovem, pelo que entendi realmente é um livro onde muitos adolescentes vão se identificar. Eu particularmente tive minha fase de querer pertencer a um grupo quando entre na escola era criança, depois desandou tudo..ahah. posso dizer que eu era mais a rebelde sem causa mesmo,ser de grupinho popular ou qualquer coisa do tipo nunca me chamou atenção, então provavelmente não iria me identificar com a protagonista, mas acredito sim que tem muitas meninas que vão e com certeza é uma ideia bem interessante.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Heiii, tudo bem?
    Adoro uns enredos assim, mais teen e que a gente lembrar ter vivido algo parecido.
    Não conhecia o livro, mas ja ameiiii.. A capa está fofa e quero mto ler algo das autoras faz tempo.
    Amei a dica.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  5. Olá!!
    Não o conhecia! E fiquei curiosa com a leitura...
    Realmente, a diagramação parece um capricho, e acho ótimo que a escrita te leve a não largar o livro, e faca a leitura leve!

    Beijos
    www.manuscritoliterario.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Eu gosto de ler livros mais teens quando estou querendo sair de uma ressaca ou quando estou lendo muitos livros seguidos de um mesmo gênero, como não é o caso no momento, deixarei a dica passar por agora, mas anotarei o nome do livro para futuramente.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
Google+