7

[Resenha] Marca de Guerra

em quarta-feira, 18 de outubro de 2017
Marca de Guerra
Marked vol. 04
Sylvia Day
96 Páginas
Faro Editorial

Marca de Guerra escrito por Sylvia Day é o quarto volume da série Marked, que traz um romance sobrenatural que traz elementos como Lobisomens, vampiros, arcanjos.

Eu sou suspeita em falar dos livros da autora, pois mantenho uma relação de amor e ódio com suas histórias. Sempre gosto dos primeiros volumes, mas acabo não apreciando a forma como ela termina ou conduz a trama. E foi o que aconteceu com a leitura desse volume, mas depois de olhar no site da autora e ver que tem mais duas contos, fizeram com que eu mudasse o meu pensamento sobre as últimas páginas dessa história.

Evangeline descobriu como se livrar da Marca de Caim, que anos atrás a transformou numa caçadora de demônios: basta se manter longe dos problemas por um tempo. Algo complicado para alguém que é sempre lembrada para novas missões. Agora, disfarçada, ela trabalha para um querubim, em um plano para desmascarar um vampiro perigoso, que está escondido em uma tranquila comunidade na Califórnia. Mas Eva sabe que está sendo usada como um peão num grande jogo político celestial. No entanto, ela está cercada. Seu desafio será descobrir quem é sua maior ameaça: o vampiro que está caçando, o querubim que quer controlá-la, ou os dois irmãos, dispostos a lutar até a morte por seu amor.
O problema? É que tudo está acontecendo ao mesmo tempo.

O livro traz uma história bem curta, tanto que terminei a leitura em poucas horas, e deixou aquele gostinho de quero mais. Além do novo caso que Evangeline precisa resolver, ela ainda tenta decidir com qual irmão ficar, Caim (Alec) ou Abel (Reed).


A história terminou de forma bem inconclusiva, o que me deixou insatisfeita com a forma que terminou. Mas estou curiosa para saber o que serão as duas outras histórias Even of Sin City e Marked da autora sobre essa série.

Nota:



7 comentários:

  1. Oi Carla,
    Li a resenha bem por cima, pois eu ainda vou ler o primeiro livro dessa série. Eu estou com muito receio de começar porque vi a finura desse último volume e estou sem acreditar nisso.
    Adoro os livros da Sylvia, mas não tenho uma boa experiência com os ela com essa pegada sobrenatural.
    Será que esse fim inconclusivo não é brecha pra uma continuação?

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  2. Ainda não consegui ler nenhum livro da Sylvia mas estou com alguns na prateleira e esse será mais um que vai para lista pois adorei sua resenha.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olha, li o primeiro e achei horrivel! huahuauhauh
    Vou dar uma chance e ler o segundo depois.
    Mas tipo, ainda não acabou nesse??? Sério???? Aff!!! huahahahu

    Beijinhos!!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Faz tempo que Sylvia Day me atraiu... Não tenho muita vontade de ler essa série, mal terminei a série Crossfire.

    ResponderExcluir
  5. Oi Carla!!
    Também sou suspeita quando o assunto é a Sylvia, mas confesso que gosto mais dos romances de época dela, já faz um tempo que não leio nada da autora e confesso que está difícil de acompanhar, é muito livro pra pouco dinheiro!!!
    Apesar de conhecer o livro, não tinha me atentado a premissa!
    Vou anotar a dica!

    Beijokas

    ResponderExcluir
  6. Ola!Tudo bem?
    Já li várias resenhas falando sobre essa série é nunca procuro sobre (bem minha cara kkk).
    Parece um livro bem interessante pena que o final não te agradou.Eu,particularmente,tenho problemas com finais de séries e sempre demoro a terminar uma.
    Espero que o contos ajudem a dar um desfecho.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Também mantenho uma relação de amor e ódio com a Sylvia. No entanto, amo essa série, adorei esse livro, porém não curti muito o final da série, achei que ficou muito vago, precisava de algo mais.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
Google+