0

[Resenha] Crash

em quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018
Crash
Quando a Paixão Explode
Crash – vol. 01
Nicole Williams 
256 Páginas
Editora Essência

Crash escrito por Nicole Williams é o primeiro volume da trilogia de mesmo nome, onde temos um romance com dois personagens marcados por tragédias.

Desde que fiquei sabendo do lançamento, estava curiosa para ler essa trama, pois é uma trilogia muito aclamada pelos leitores. E mesmo com algumas ressalvas sobre a história, foi uma leitura bem envolvente e estou curiosa com a continuação.

Para a adolescente Lucy, nada é mais importante que o balé. A dança a transporta para um mundo onde a dor, as lembranças ruins e a violência não existem. Um mundo só dela. Lucy é uma jovem prestativa, conhecida por tentar salvar o mundo, ajudando ao próximo, até os animais indefesos.

Um dia, aquela garota certinha é obrigada a mudar de escola. A família está passando por um momento difícil e eles não têm mais condição financeira para manter o mesmo padrão que tinham antes. E é nesse novo ambiente, repleto de descobertas e inseguranças, que conhece um garoto que só usa cinza e vive com uma toca de lã na cabeça. 

Jude, o maior bad boy da escola, é lindo e seria o sonho de toda garota, e talvez até o genro que todo pai pediu a Deus... se não tivesse sido preso várias vezes e não morasse num abrigo para garotos desajustados. 

Lucy não liga para a opinião dos outros: o mais importante é o que Jude sente por ela. E o rapaz parece disposto a abrir seu coração, ainda que um segredo que assombra o passado e o presente dos dois esteja prestes a estraçalhar essa paixão.

Desde o primeiro contato, sabemos que Jude é um bad boy, que nunca se relacionou afetivamente com uma mulher, e não se importa com ninguém. Mas quando conhece Lucy, ela é a única pessoa que ele começa a se importar, e deseja então mudar o seu comportamento para ficar com ela.

Confesso que me irritei com a impetuosidade de ambos os protagonistas, que agiam sem se importar com os outros. Para eles, só importavam o momento que estavam sentindo. Lucy me irritou com a facilidade com que mudava de opinião, ora acreditando em Jude, ora se afastando dele. Outro ponto que senti que faltou explorar na trama foi sobre a dança, pois desde o começo, vemos poucas vezes Lucy treinando ou focando na dança. Fico na expectativa que a autora coloque mais sobre o balé nos próximos livros, pois é um detalhe que eu gosto muito nas histórias.

A narrativa da autora é bem envolvente, e mesmo não gostando desses detalhes, foi uma história que me deixou ansiosa para saber o que acontecerá em seguida. O livro termina satisfatoriamente, mas deixa aquele gostinho de que queremos mais sobre o casal.


Crash é um livro fofinho, que vai agradar os leitores que gostam de romance com bad boy e mocinhas impetuosas. Uma história que deixa aquele gostinho de quero mais, onde estou ansiosa pela continuação.

Nota:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Google+