0

[Resenha] Ônix

em segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018
Ônix
Saga Lux vol. 02
Jennifer L. Armentrout
416 Páginas
Editora Valentina

Ônix escrito por Jennifer L. Armentrout é o segundo volume da série Lux, onde temos um romance jovem com alienígenas. Isso mesmo que você leu, não é sobre vampiros, lobisomens, anjos, imortais... estamos falando de alguém de outro mundo.

Quem leu Obsidiana, com certeza ficou viciado nessa história, ainda mais na tensão que existe entre Daemon e Katy.

E após o final do primeiro livro (e que final!), o leitor com os nervos a flor da pele, ansioso, devorou a leitura desse volume, querendo o próximo livro para ontem!

Após os acontecimentos finais do primeiro livro, Katy está conectada a Daemon, sentindo-o sempre que ele se aproxima. E ainda, ele está determinado a provar que está apaixonado por ela, que não é um efeito dessa conexão. E Katy tenta de todas as formas (que menina mais burra!) em afastar Daemon, não acreditando nos sentimentos dele, pensando que tudo é em consequência da conexão.

Sério, eu fiquei muito irritada com a protagonista que não conseguia perceber os sentimentos de Daemon (como assim?!). Com o surgimento de Blake, um garoto muito misterioso que vai estudar na mesma escola dos nossos protagonistas, Katy se aproxima do jovem. Blake sabe o que aconteceu com Katy e diz que pode ajuda-la, mas para isso, ela precisará manter Daemon afastado, pois ele não consegue controlar o ciúmes que sente dessa nova amizade de Katy.

Mas nem toda a história é apenas sobre os altos e baixos do relacionamento de Daemon e Katy. O Departamento de Defesa está na cidade, e se descobrirem o que aconteceu entre eles, estarão em grande perigo. Até que Katy vê alguém que não deveria estar vivo, e sabe que se contar para Daemon, ele não parará de investigar, até descobrir tudo o que aconteceu. Ninguém é o que parece ser. E nem todo mundo irá sobreviver às mentiras.

E com essa premissa, acompanhamos uma narrativa envolvente, viciante, que diverte e contagia o leitor desde a primeira página. Katy é uma jovem apaixonada por livros (inclusive tem um blog para divulgação das resenhas), mas não significa que é uma jovem boba  e chora a todos os instantes, ou que ela fica quieta diante das grosserias de Daemon. Ela revida, ofende-o de volta, o ignora, mas eles não conseguem negar a atração que sentem um pelo outro. E nesse volume, o relacionamento entre eles está pegando fogo! Ela até que tenta se manter afastada, mas é impossível negar a atração que eles sentem.

E Daemon é irritante, arrogante, mas.... extremamente apaixonado por Katy! Não tem como não notar o quanto ele está apaixonado (só a Katy que insiste em não acreditar), o quanto ele está enciumado com a presença de Blake, que aparece ter um sentimento genuíno com a nossa protagonista.

E todos os personagens, desde os protagonistas até os secundários, são marcantes. Impossível não se divertir com os diálogos entre eles, assim como a eterna briga de gato e rato entre Katy e Daemon.

O que mais me chamou a atenção na leitura foi o desenvolvimento da trama e dos personagens. Nesse segundo volume da série, a autora consegue trazer mais perigo para os personagens, introduzindo o leitor em uma trama única e inovadora. Ao mesmo tempo em que evolui o romance entre Katy e Daemon, a autora evidencia as complicações com o romance entre um humano e um alienígena, deixando o leitor tenso para descobrir quando e como acontecerá o romance entre os dois.


Ônix foi uma das melhores leituras do ano, e não vejo a hora de continuar a leitura da série. Não é a toa que muitos leitores queriam a publicação desse livro aqui no Brasil, e supera outros livros que li de YA de romance sobrenatural. Só posso dizer, leiam agora, hoje, nesse exato momento, e sejam conquistados também por essa trama. 

Nota:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Google+