0

[Resenha] A Coroa da Vingança

em segunda-feira, 5 de março de 2018
A Coroa da Vingança
Deuses do Egito vol. 03
Colleen Houck
416 Páginas
Editora Arqueiro

A Coroa da Vingança escrito por Colleen Houck é o encerramento da trilogia Deuses do Egito, concluindo a história de Lily com os três irmãos, príncipes do Egito. A trama mescla aventura e romance com elementos da mitologia egípcia.

Desde que iniciei a leitura dessa leitura, senti os mais diversos sentimentos acompanhando toda a trajetória desse grupo. O primeiro livro não trouxe novidade na trama, pois senti que era bem semelhante a Saga Maldição do Tigre, mas fiquei encantada pelos três príncipes. O segundo livro já me deixou irritada com os caminhos que a autora escolheu para a protagonista, quando acrescentou ao corpo Lily, o espírito de ume leoa e uma fada, que fez com que todos se apaixonassem por elas. E esse terceiro livro fez com que eu voltasse a gostar de toda a trama, conseguindo entender todos os detalhes da história, e o porquê de algumas situações que a protagonista precisou viver.

Nesse terceiro livro, iniciamos a leitura com Lily sem ter qualquer lembrança do que aconteceu desde a sua jornada para o Egito para ajudar o príncipe Amon e os irmãos, nem que ela era apaixonada por ele. Para ela, tudo não passou de um sonho. A não ser por um detalhe: duas estranhas vozes em sua mente, que pertencem a uma leoa e uma fada, a convencem de que ela não é mais a mesma e que seu corpo está se preparando para se transformar em outro ser.

Enquanto tenta dar sentido a tudo isso e decidir se quer voltar a se envolver com tantos problemas, Lily descobre que as forças do mal desejam destruir toda a humanidade. Seth, o obscuro deus do caos, está prestes a se libertar da prisão onde se encontra confinado há milhares de anos, decidido a destruir o mundo e todos os deuses. 

Com essa premissa, temos um inicio um tanto moroso, onde acompanhamos Lily tentando se lembrar do que realmente aconteceu, e até onde ela está disposta a se sacrificar e arriscar por pessoas que não se lembra. Ao mesmo tempo, a voz de Ashleigh e Tia tentam fazer com que Lily volte a razão e decida a ajudar ao homem que ela realmente ama. Confesso que a primeira metade do livro foi bem enrolada, com situações que poderiam ser mais dinâmicas. Cheguei a ficar com a sensação de que teria mais um livro da história, pois não conseguia sentir que a trama seria concluída.

A história começa a acontecer na metade do livro e a autora revela os últimos mistérios da trilogia, dando a oportunidade do leitor entender o motivo de tanta dificuldade e sacrifício por parte dos personagens.

Mesmo com a sensação de que o desenrolar da história aconteceu muito rápido e que o epilogo poderia ter algumas páginas a mais, a autora trouxe um encerramento satisfatório, me deixando com a sensação que mesmo com todas as dificuldades, os protagonistas tiveram cada um, um ótimo desfecho. E eu gostei do final, senti que os personagens mereciam tudo o que conquistaram, diferente do que eu senti quando terminei a leitura da Saga Maldição do Tigre, onde até hoje não consigo me conformar com o que a autora fez com a história (mas quem sabe com o livro O Sonho do Tigre, eu mude o meu pensamento).


Em suma, A Coroa da Vingança foi um encerramento satisfatório para a trilogia, onde apreciei o que aconteceu aos personagens. Foi uma leitura que trouxe os mais diversos sentimentos, mas que fizeram voltar a gostar da narrativa da Colleen. 

Nota:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Google+