10

[Resenha] Batman: Criaturas da Noite

em quinta-feira, 5 de abril de 2018
Batman: Criaturas da Noite
Lendas da DC vol. 02
Marie Lu
256 Páginas
Editora Arqueiro

Batman: Criaturas da Noite escrito por Marie Lu é o segundo volume da série Lendas da DC, onde cada volume trará a história de um importante personagem da DC, escrito por autores diversos.

O primeiro livro trouxe uma das aventuras da Mulher Maravilha, sendo os próximos da Mulher-Gato e Superman. Estou muito ansiosa para continuar a leitura dessa série, onde os dois primeiros volumes me surpreendeu, me deixando ansiosa por mais.

Neste volume, conhecemos um pouco mais sobre a adolescência de Bruce Wayne, antes de ele tornar-se o conhecido Cavaleiro das Trevas. Ele ainda não é o detetive frio, inteligente, estrategista que conhecemos nos quadrinhos; ele é um jovem preste a receber a herança, um tanto entediado que acaba aprontando algo para poder sair da rotina.

E assim, no seu aniversário de 18 anos, Bruce faz uma escolha impulsiva e é condenado a prestar serviço comunitário no Asilo Arkham, uma mescla de prisão e hospital psiquiátrico onde estão detidos os criminosos mais desequilibrados da cidade.

Lá ele conhece Madeleine, integrante das Criaturas da Noite, um grupo radical que deseja acabar com a elite de Gotham. Esse grupo usa dos ideais do Robin Hood, roubando dos pobres, mas usando da força e violência para conseguirem o que querem, assassinando as pessoas da força mais cruel possível. Madeleine ainda não tinha falado com ninguém da polícia ou com os médicos, mas resolve se abrir com Bruce, dando início a um perigoso jogo de sedução e inteligência.

Será que o jovem Wayne vai conseguir convencê-la a revelar todos os seus segredos ou ela está apenas manipulando-o para arruinar Gotham?

Marie Lu é conhecida pela trilogia Jovens de Elite e Legend, e traz uma narrativa envolvente, com um ritmo alucinante, onde o leitor não consegue parar de ler. Bruce acaba sendo usado devido a falta de malícia e inteligência, ele ainda é jovem, inexperiente, longe de ser o Cavaleiro das Trevas.

Enquanto que o livro da Mulher Maravilha eu senti que a história demorou para engrenar, a trama do Batman acontece de forma rápida, sem enrolações, mostrando o lado imaturo e falho de Bruce, ao mesmo tempo, temos um deslumbre do herói que conhecemos, aquele que não conta com nenhum super poder para ajudar os outros.


A história poderá não agradar aos fãs do herói, pois não tem todas as características que gostamos do personagem, mas foi uma história que funcionou comigo. Eu gostei de saber um pouco mais da adolescência de Bruce, que ainda está tentando descobrir o que fará com a vida. Foi uma leitura rápida, que me envolveu do inicio ao fim. E que venha a história da Mulher Gato que será escrito por Sarah J. Maas!

Nota:


10 comentários:

  1. Oii!
    Eu não li o livro da mulher-maravilha, então não consigo comparar as leituras. Mas gostei muito desse livro. Eu amo a escrita da autora. Nunca fui muito fã do batman, mas ela conseguiu me deixar muito interessada e envolvida no enredo.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  2. Oi.

    Eu estava com muita vontade de ler esses livros de heróis que estão saindo pela editora, mas Acabei não solicitando. Decidi esperar e ver se vale mesmo a pena a leitura. Estava com dúvidas se seria uma leitura boa para mim, se eu realmente ia gostar. Ainda não decidi se incluo esse e o livro da Mulher Maravilha na lista ou se espero mais para lê-los.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Eu confesso que o livro da Mulher-Maravilha não despertou minha curiosidade, mas esse eu estou bastante ansiosa para ler. O Batman é meu herói favorito, então, qualquer história sobre ele já me deixa com os olhinhos brilhando de curiosidade. O meu único medo é que nunca li nada da autora e, como amo o Batman, tive medo de não gostar da história criada por ela.
    No entanto, pela resenha deu para perceber que ela escreveu uma história bem construída e dinâmica, e, mesmo o Bruce sendo mais jovem do que estamos acostumados a ver e não tenha todos os elementos que o marcam, acho não irei me incomodar.
    Adorei a resenha e espero ler este livro em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Ei! Sempre gosto de ver novas versões de histórias que conhecemos, e acredito que essa vai ser boa pra ler. Temos um Batman jovem e inexperiente, ainda desenvolvendo sua consciência e habilidades, para lutar contra o crime. Gosto demais do morcego, e conhecer este lado mais jovem e humano dele me interessou muito!


    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Essa história me surpreendeu, primeiro porque Batman não é meu super herói preferido, mas conhecê-lo através do início da fase adulta e todas as descobertas além da sua necessidade de manter Gotham protegida de todas essas mazelas.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  6. Oie!

    Não sei se gostaria dessa leitura, nenhum livro da autora até hoje me fez a cabeça, ou se tornou uma boa leitura, por isso fico meio assim de ler ou não a obra!

    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Oi Carla, como está?
    Já li umas duas resenhas desse livro e como a tua, ambas foram bem positivas sobre ele. Cuja premissa é bem interessante, já que a formação do Bruce para se tornar o Batman não é tão mostrada como eu acho que poderia, pois creio que renderia excelentes histórias. Ainda que a série "Gotham" esteja servindo para esse propósito.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://www.galaxiadeideias.com/
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Acho que o Batman é o o super herói que menos gosto, mas ainda assim quero ler este livro em função da abordagem do personagem na adolescência. espero gostar.
    Ansiosa pelo livro do Super Man
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bmo?
    Eu nunca li nada ref. a heróis assim, tirando hq's.
    Mas eu adorei saber mais sobre a história e acho que leria sim se tivesse uma chance! Amei seu post e a capa é lindíssima!

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu não pedi esse, apesar de ter adorado o da Mulher Maravilha, mas eu achei que não fosse gostar e a cada resenha da história, por mais positiva que seja, prova que não ia gostar mesmo das "mudanças" para esse tipo de adaptação. A capa achei linda! Adorei a resenha, beijos!

    ResponderExcluir

 
Google+