2

[Resenha] Joga Comigo

em quinta-feira, 19 de abril de 2018
Joga Comigo
With Me in Seattle vol. 03
Kristen Proby
320 Páginas
Editora Charme

Joga Comigo escrito por Kristen Proby é o terceiro volume da série With me in Seattle, onde cada volume acompanhamos o romance de um dos integrantes da família Montgomery e Williams. E neste volume, o romance será protagonizado por Will Montgomery e Meg McBride.

Sabe aquele tipo de romance que a cada volume, você fica mais apaixonada pelos personagens? Que cada casal te conquista, e acompanhar o desenrolar do romance entre eles te deixa suspirando? É assim que me sinto toda vez que vou ler um volume da série With me in Seatlle. É o terceiro volume que leio dessa série, e estou ainda mais envolvida do que quando comecei a leitura da primeira história. São histórias para sonhar e suspirar, querendo mais e mais.

Will Montgomery é um jogador de futebol americano profissional de sucesso e aparentemente tem tudo. Ele não está acostumado e certamente não aceita “não” como resposta. Então, quando joga seu charme para Meg, a amiga sexy de sua irmã, ele não apenas é recusado, como também é recebido com hostilidade, o que instiga sua curiosidade e desejo. Ele está determinado a mostrar que não é o jogador arrogante que Meg acredita que ele seja e a conseguir levá-la para sua cama.

Megan McBride não está impressionada com Will Montgomery, nem com o dinheiro que ele. Ela não tem tempo para relacionamentos e aprendeu na vida que amor significa perda, então guarda seu coração a sete chaves.

Quando Will começa a quebrar as suas defesas para alcançar seu coração, Meg estará pronta para admitir seus sentimentos ou será que seu passado conturbado a levará a perder o primeiro homem que realmente amou?

Gente, o que há com essas mocinhas do romance que resolvem correr longe desses homens literários? Will é tudo de bom, fiel, protetor, fofo, doce, um ótimo amante, lindo, sexy, e mais qualidades que não se encontra por ai. Ele quer proteger, cuidar, mimar a mulher que ama, e o Megan faz? Fica toda hora se mostrando orgulhosa, ou falando algo para afastá-lo. Eu não posso com essa indecisão (risos). Se sobrasse um Will todo apaixonado na minha frente, eu não ficaria me fazendo de difícil não.

A autora sempre traz muito emoção para cada romance, com alguns dramas e problemas para atrapalhar a vida do casal. O enredo é praticamente uma injeção de glicose de tanto romance e fofurice, perfeito para aquele momento em que você precisa encontrar um casal apaixonado, com uma mocinha um tanto medrosa, e um mocinho mandão e protetor. Sim, nosso mocinho é aquele típico macho alfa que gostam de mandar, mas quando apaixonados são sedutores, ternos, e fazem de tudo pela mulher amada. E é claro, sou apaixonada por romances assim.


Estou completamente viciada nessa série, os três volumes publicados são favoritos para mim. Agora consigo entender o motivo de a autora ser tão aclamada, e agora estou ansiosa para a próxima publicação para saber mais dessas famílias tão unidas e amorosas. 

Nota:



2 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    O que há com elas? Racionalidade. Confiar em um homem de primeira é simplesmente assustador. Então, por que entregar seu coração a um jogador rico? Ele pode ter muitas qualidades, mas só conhecendo de verdade pra saber e ainda assim assumindo o risco de ter o coração partido. Eu já li algumas resenhas dos livros dessa série e ainda não tive a oportunidade de ler. Adorei. Lerei certamente. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi.
    Ainda não conheço nenhum dos livros da série e devo admitir que o enredo em si não despertou meu interesse. Mas sua empolgação com a resenha me deixou curiosa. Pretendo dar uma chance, mesmo o mocinho sendo mandão e a mocinha, indecisa.
    Adorei a resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir

 
Google+