0

[Resenha] Mais que Amigos

em quarta-feira, 23 de maio de 2018
Mais que Amigos
Love Unexpectedly vol. 01
Lauren Layne
256 Páginas
Editora Paralela

Mais que Amigos escrito por Lauren Layne é o primeiro volume da série Love Unexpectedly, onde traz uma linda comédia romântica que conquista o leitor desde a primeira página.

Para falar um pouco sobre todos os sentimentos que esse romance proporciona, a Beta do blog Literatura de Mulherzinha e eu fizemos uma resenha em conjunto. 

Vamos conferir:

Um pouco da história de Parker Blanton e Ben Olsen:
Na trama, conhecemos a jovem Parker que leva a vida que sempre sonhou: conseguiu um emprego promissor após se formar, namora um rapaz inteligente e responsável, e ainda conta com a companhia inseparável do seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide o apartamento.

Ben é um solteiro convicto que sai com todas as mulheres, e nunca se sentiu atraído por Parker. Ela é sua amiga e ele faz tudo por ela, mas nunca pensou em ter um caso com ela.

E por mais que todos suspeitem que eles tenham um caso, não é isso que acontece. Ben e Parker se conheceram na faculdade e sempre foram melhores amigos, não se importando com que os outros pensem da amizade entre eles; sabem que não foram feitos um para o outro — pelo menos não para se envolver.

Até que Parker leva um pé na bunda do namorado, e resolve que precisa ser igual a Ben, saindo com todos os homens, aproveitando que está solteira. Não que Ben concorde com isso, pois para ele é inconcebível que a sua melhor amiga comece a ser como ele, saindo com todos os homens. Mas Parker logo percebe que para ela sair com alguém, ela precisa ter algum envolvimento, e onde ela propõe algo que vai mudar a vida desses dois amigos.

Carla: Eu sou uma romântica incorrigível, e quando o assunto refere-se a essas histórias super fofas, onde os melhores amigos são sabem que estão apaixonados, é claro que logo estou ansiosa para ler. E qual foi a minha surpresa ao ler um romance de uma autora que eu desconhecia? A história é viciante!

Beta: Tutorial de como ser bem-sucedido em chamar a minha atenção: “Uma comédia romântica irresistível”.
Ainda mais com esta capa divertida (porque eu não sou a maior fã da cor rosa, mas amei a foto). Pronto: falou no “ouvido que eu escuto”.
Bastou ler isso na capa que eu SABIA que precisava ler este livro.
Quer ler algo muito amorzinho? Pegue este livro. Ele conseguiu uma façanha: sucesso aqui em casa, porque agradou a mim e a #MadreHooligan (e nem sempre gostamos dos mesmos livros).

Que história fofa!
Carla: Adorei a veracidade com que a autora descreveu Ben e Parker, não trazendo personagens extremamente perfeitos. Por mais que Ben seja um incorrigível conquistador, no decorrer da trama, notamos o quanto tem uma baixa estima de si mesmo. E Parker não é aquela personagem sonsa, idiota, ela é decidida e sabe muito bem o que quer.

Beta: Ah, mas é o “clichê” – melhores amigos que se apaixonam. E daí? Sério! Eu adoro histórias de amor que surgem a partir da amizade dos personagens. Para mim, são até mais verossímeis que o famoso “amor à primeira vista”.

Carla: E foi delicioso acompanhar cada passo desse romance, onde eles aos poucos começam a percebem que sentem algo a mais um pelo outro, que não existe apenas a amizade entre eles. E isso foi um dos detalhes que eu mais gostei da trama, não é aquele romance miojo, onde depois de 3 minutos e uma transa rápida, já estão fazendo juras de amor. O leitor nota o amadurecimento do relacionamento, e acompanha cada um dos sentimentos dos protagonistas, que não percebem que já estão apaixonados faz muito tempo.

Beta: “Falar ou calar”: Assim como Parker e Ben, um já conhece o melhor e o pior do outro. Ele a usa como desculpa para “despachar” as garotas com quem passa a noite. Ela fica irritada de ele ignorar propositalmente as regras da casa. Nem sempre é assim, há vantagens em dividir o apartamento com a pessoa que mais sabe quem você é – porque esteve ao seu lado em muitos momentos. Foi testemunha do que, para os outros, é “causo” a ser contado entre gargalhadas (ou não).

- E embora todo mundo tivesse certeza de que era impossível haver apenas amizade entre duas pessoas jovens, bonitas e atraentes, eles estavam indo bem até que Lance partiu o coração/orgulho de Parker. Um pouco perdida pelo desfecho do relacionamento – que ela já até cogitava casamento – ela precisava se sentir amada, desejada e superar a rejeição. Eis que o melhor amigo – lindo, gostoso e mulherengo – poderia ser a solução para este problema: uma relação sem compromisso, que ficaria sob o controle dos dois e não colocaria em risco a amizade. Aham. Até parece.

Carla: Outro detalhe que fiquei apaixonada pela história é que a narração é alternada entre Ben e Parker. Não tenho palavras para descrever o quanto eu gosto de ler um romance quando a narrativa é pelos dois personagens, possibilitando conhecer e compreender cada atitudes que eles tomam durante a trama.

Beta: Em narrações alternadas, vamos acompanhando o desenrolar dos pensamentos e dos sentimentos de Parker e de Ben, da amizade, do tesão um pelo outro, do amor, das complicações e de todas as consequências que eles não puderam prever nem controlar. Porque a vida é assim, né? A gente traça alguma estratégia e nem sempre as coisas saem exatamente como imaginamos – às vezes, saem pior e às vezes são muito melhores do que a gente previa.

Carla:  Só tenho a dizer que é leitura obrigatória para os leitores que buscam romances fofos e divertidos. E não vejo a hora de ler mais romances da autora aqui no Brasil!

Beta: É leve, divertido, você se preocupa com os personagens, dá vontade de entrar no livro e abraçar os dois nos melhores e piores momentos. Amei o jeito da Lauren Layne contar essa história de amor e de amizade. Espero poder ler mais dela.

Carla: Essa leitura foi boa...
Não, boa é pouco.
Foi envolvente...
Sim, apenas descreve um pouco de como me senti.
A história de Mais que Amigos é MARAVILHOSA!

Resumindo: adoramos a leitura!

  
Love Unexpectedly Serie
1 - Blurred Lines - Mais que amigos ­ Parker Blanton e Ben Olsen
2 - Good Girl - Jenny Dawson e Noah Preston Maxwell Walcott
3 - Love Story - Lucy Hawkins e Reece Sullivan
4 - Walk of Shame - Georgianna Watkins e Andrew Mulroney

5 - An Ex for Christmas - Kelly Byrne e Mark Blakely

Nota:

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Google+