0

[Resenha] O Dueto Sombrio

em terça-feira, 5 de junho de 2018
O Dueto Sombrio
Monstros da Violência vol. 02
V.E. Schwab (Victoria Schwab)
448 Páginas
Editora Seguinte

O Dueto Sombrio escrito por V.E. Schwab encerra a duologia Monstros da Violência, trazendo uma história ainda mais surpreendente que a primeira parte. Só posso dizer que a trama foi encerrada com chave de ouro, e preciso ler mais histórias escrita pela autora. 

Vou tentar não entrar em detalhes sobre a trama para não estragar a emoção da leitura. Mas reforço que os leitores precisam conferir essa história com urgência, pois vale muito a pena.

Já conhecemos um pouco da sociedade em que vivem Kate e August, onde os atos de violência geram "sombras/monstros", que atormentam a sociedades. Os monstros conhecidos são os corsais, os malchais e os sunais. Mas é hora de conhecer um novo monstro, que se alimenta do caos.

Após os acontecimentos do livro anterior, Kate tenta se adaptar a sua nova realidade longe de Veracidade, mas sem abandonar as suas origens. Ela ainda está caçando monstros, onde acaba descobrindo alguém ainda mais terrível. Kate acabou se tornando uma assassina implacável de monstros, e mesmo longe de "casa", ainda continua a caçar. August tentou fugir do seu destino, mas a situação o obrigou a assumir o seu papel, para proteger os seus amigos. Ele acabou se tornando o líder que nunca quis ser.

Quando uma nova criatura surge, Kate precisa voltar para Veracidade e lá encontra um cenário pior do que esperava. Agora, ela vai ter de encarar um monstro que acreditava estar morto, um garoto que costumava conhecer muito bem, e o demônio que vive dentro de si mesma.

Eu adorei a química entre Kate e August, que continua forte mesmo após os seis meses que ficaram separados. E o que eu mais gostei foi que a autora não se perdeu na história tentando criar um romance entre o mundo de violência que os dois estavam vivendo.

Os capítulos são intercalados pelo ponto de vista de Kate e August, que nos permite conhecer mais sobre o que os dois protagonistas estão enfrentando após o primeiro volume. Kate precisa conviver com os atos que lhe mancharam a alma, e August precisa aceitar a si mesmo e conviver com o "fantasma" do seu irmão na sua mente.

A autora soube conduzir uma trama com elementos sobrenaturais, ação, suspense, mistério, terror e ainda colocar alguns momentos mais suaves, apenas para não deixar os leitores tão chocados com tudo o que acontece. A trama continua com um ritmo alucinante, onde o leitor quer mais e mais da história para acompanhar.


E o final me surpreendeu! Ainda não estou tentando processar o que aconteceu no encerramento da história, e agradeço pela autora não ter se estendido e acrescentado mais volumes. Mesmo não gostando de algumas escolhas da autora, eu entendi o que aconteceu devido ao mundo de caos e violência que estavam vivendo.

Nota:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Google+