0

[Resenha] A Busca

em terça-feira, 10 de julho de 2018
A Busca
Série The Travis Family vol. 03
Lisa Kleypas
288 Páginas
Editora Gutenberg

A Busca escrito por Lisa Kleypas é o terceiro volume da série The Travis Family, onde cada volume conheceremos um dos irmãos dessa família. Neste volume, acompanharemos o romance entre Hannah e Jack Travis, e foi a história que mais me conquistou até o momento nessa série.

A história traz um romance contemporâneo, evidenciando o crescimento e amadurecimento da protagonista. Acostumada com os elementos divertidos nos romances da autora, fiquei um pouco incomodada pela história trazer mais drama. Isso não significa que eu não gostei da leitura, mas que foi bem diferente do que eu estava imaginando encontrar. Foi uma leitura emocionante, o casal me conquistou desde o primeiro instante, e Jack Travis é aquele típico mocinho que queremos encontrar no mundo real, que está ao nosso lado para o que der e vier nos problemas da vida.

Vamos conhecer um pouco da história:

Após uma infância cheia de traumas, tudo o que Hannah Varner deseja é viver bem longe da mãe problemática e das complicações que a irmã, Tara, despeja em seu colo. Mas o telefonema da mãe contando que Tara teve um filho e tinha desaparecido, mudou os planos de Hannah, onde se viu responsável pela segurança e saúde do bebê. Desesperada, a jovem decide investigar tanto o paradeiro da irmã quanto a identidade do pai da criança. E descobre que um membro da família Travis pode ser o responsável por aquela confusão. Jack Travis, um milionário e um amante das mulheres e do prazer, nunca pensou que encontraria em seu escritório uma jovem irritada e extremamente sexy segurando um bebê que pode ser seu filho.

Devido ao seu passado onde pouco recebeu o carinho de sua mãe, Hannah considera-se uma mulher liberal que não acredita no casamento e que foge de ligações profundas com as pessoas, principalmente com homens. Ela não teve boas lembranças com os namorados da mãe, então não se sente a vontade com qualquer relacionamento com o sexo masculino, até que Jack vai derrubando uma a uma as suas barreiras emocionais.

Jack está sempre por perto, procurando ajudar Hannah em todos os momentos difíceis para cuidar do bebê. Diferente do namorado de Hannah que não demonstrou nenhuma vontade em ajudar nesse momento conturbado e de mudanças, Jack é o primeiro em apoiá-la, e providencia tudo o que pode para mantê-la em segurança. Foi adorável acompanhar toda a sua preocupação com uma mulher que acabou de conhecer.

O único ponto que eu não gostei da história é que não temos o ponto e vista de Jack. A história é contada apenas por Hannah, e desejei ter alguns capítulos por conta do mocinho, mostrando o quanto ele estava se transformando com esse relacionamento.


A narrativa da autora é envolvente, traz uma leitura rápida e emocionante, com personagens bem construídos, carismáticos e humanos. E o final dessa história foi muito fofo! Fiquei com aquela sensação de quero mais, onde vibrei em todos os momentos do romance. Uma história que vale muito a pena ler e se emocionar.

Nota:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Google+