16

[Resenha] A Protegida

em terça-feira, 7 de agosto de 2018
A Protegida
Série The Travis Family vol. 01
Lisa Kleypas
287 Páginas
Editora Gutenberg

A Protegida escrito por Lisa Kleypas é o primeiro volume da série The Travis Family, onde cada volume conheceremos um dos irmãos dessa família.

A leitura desse romance trouxe os mais diversos sentimentos, onde a autora trouxe uma trama que me surpreendeu com elementos diferentes do qual estou acostumada nos romances de época escritos pela autora.

A história traz um romance contemporâneo, evidenciando o crescimento e amadurecimento da protagonista. Acostumada com os elementos divertidos nos romances da autora, fiquei um pouco incomodada pela história trazer mais drama do que romance e momentos para suspirar. Isso não significa que eu não gostei da leitura, mas que foi bem diferente do que eu estava imaginando encontrar.

Um pouco da história:

Liberty Jones é uma garota determinada, mas sempre viveu uma vida difícil, onde não tem imagina realizando os seus sonhos. Seu único consolo é a amizade e o amor que nutre por Hardy Cates, um jovem ambicioso que não vê a hora de ir embora da pequena cidade de Welcome. Apesar da atração irresistível que pulsa entre os dois, tudo o que Hardy não precisa é de alguém para atrapalhar seus planos de sucesso, e ele a abandona no momento mais difícil de sua vida: quando a mãe de Liberty morre tragicamente em um acidente; deixando um bebê para ela criar.
Mas a vida traz grandes surpresas e Liberty se vê sob a tutela de um magnata bilionário, que irá oferecer muito mais do que proteção à irmã e a ela, mas também revelará uma forte ligação com o passado obscuro da família de Liberty. O que Liberty não espera é ter de lidar com Gage Travis, o filho mais velho do magnata; o rapaz não aprova a presença dela em sua casa e fará de tudo para afastá-la de sua família... Gage apenas esquece de também mantê-la longe de seu coração.
Às vezes a vida tem um senso de humor cruel, entregando-lhe aquilo que você sempre quis no pior momento possível...

Eu adorei a personagem Liberty! A partir do momento em que a autora escreveu a passagem dos anos da protagonista, da adolescência até a vida adulta, pude admirar a protagonista que mesmo diante dos mais diversos tormentos e dificuldades, não se deixou abater e continuou seguindo com a vida. E ela em nenhum momento pensou em desistir da irmã mais nova que passou a ser tutora, e sua vida e relacionamentos estava baseada em quem aceitasse as escolhas dela. A primeira vista pode até ser radical, mas Liberty não tinha mais ninguém a quem recorrer, então ela mantinha o foco em cuidar da irmã.

Um ponto que me incomodou na trama foi que o romance demorou para acontecer. De inicio, até que fiquei um pouco balançada com a presença de Hardy, mas senti que Gage não foi bem aproveitado na história. É claro que ele rouba a cena em alguns momentos, mas ele chegou muito tarde à história e poderíamos ter um pouco mais desse personagem.

E eu me enganei com o mistério sobre o passado de Liberty. Desde o inicio eu criei uma teoria, e quando a verdade veio a tona, fui surpreendida.

Após as atitudes de Hardy nesse primeiro volume, estou curiosa para saber como será a sua redenção, como sugere o título da próxima história. Já estou me preparando para uma dose de emoção e drama, como eu já senti com a leitura de A Protegida.


Em suma, a história é linda, envolvente, a narrativa de Lisa é daquelas que prende a atenção do leitor do começo ao fim. Além do romance, temos diversos momentos sobre amizade, perdão, aceitação, tudo com um pouco de drama, mostrando o diferencial da história. Fui surpreendida com esse livro e estou curiosa com os próximos volumes.

Nota:



16 comentários:

  1. Oie,
    adoro adoro e adoro quando os autores dão crescimento aos seus personagens, acompanhar a evolução deles é maravilhoso.
    Acredito que ase lesse iria ficar triste também coma demora do romance, mas vai que isso não era o foco principal?
    Eu queria ter solicitado esse livro e agora vejo que me arrependi

    ResponderExcluir
  2. Oi! Faz tempo que quero ler os romances de época da autora. A Protegida me pegou de surpresa, quando vi esse livro não imaginei que seria tudo isso, estou impressionada com toda a carga envolvida na história. Curto romances reflexivos, dramas familiares, e esse livro parece ser intenso e dramático. A protagonista tem jeito ser uma personagem bem forte, por assumir a responsabilidade de ser mãe da irmã mais nova, uma relação linda e tocante, bem emocionante de acompanhar. Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Carla!
    Lá vem a Lisa com mais uma história pra deixar a gente suspirando, né? Durante a sua resenha, fiquei pensando que talvez fazer o romance demorar para acontecer seja uma estratégia para ela poder desenvolver de forma mais focada a identidade da personagem feminina, o que você acha?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Carla.
    Esse foi o primeiro livro da autora Lisa Kleypas que eu li e já fui logo fazendo uma maratona com os três livros que já foram publicados. Achei a escrita dela uma delícia e gostei bastante dessa história, apesar de não ser o meu livro favorito!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  5. Oii Carla, como vai? Adorei sua resenha, bem positiva. Na verdade acho que não li até agora nem mesmo uma resenha negativa sobre a obra, então minha vontade e ler só aumentou depois de conferir sua opinião. Espero conseguir ler em breve.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu adoro essa série da Lisa. Mostra que é tão competente quanto nos seus romances de época. Liberty se abre pra vida e toda a família Travis me conquistou. A redenção e A busca são tão bons quanto.
    Uma boa dica de leitura.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Esse foi o único livro que li da autora. até agora, e já foi o suficiente pra me apaixonar pelo trabalho dela. A escrita dela é uma delícia, a trama encantadora e os personagens cativantes demais e não vejo a hora de ler mais coisas dela.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Ainda não conheço a escrita da autora, justamente por romances de época não fazerem muito meu estilo de leitura. A resenha está muito bem escrita, e até senti curiosidade com a trama envolvendo certo mistério, coisa de segredos, mas não tenho muito apreço por livros dramáticos. Vou passar a dica dessa vez...

    ResponderExcluir
  9. Olá, Carla!

    Diferentemente da maioria dos fãs que a Lisa Kleypas tem no Brasil eu não conheci a autora através dos romances de época publicados pela Arqueiro. Minha primeira experiência com ela foi ao ler a edição portuguesa de Um Estranho nos Meus Braços, que apesar de ser de época, tem uma pegada mais dramática do que os livros de causar suspiros publicados aqui, como As Quatro Estações do Amor. E em 2016 eu li A Protegida. Então, não foi estranho para mim. Minha experiência com o livro foi a melhor possível. Me apaixonei por completo! O foco do livro não é o romance entre ela e o Hardy ou entre ela e o Gage. A história é sobre ela. Sobre a Liberty. Eles são coadjuvantes.

    Sou completamente louca para ler a continuação da série! Mas preciso comprar os livros antes!kkkkkkkkk...

    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Olá Carla!!!
    Eu ainda tenho que ler os livros dessa autora e admito que eu gosto de um bom drama, então esse livro me conquistou de verdade só com os pontos que você apontou na resenha.
    Porém, admito que a capa não me chama atenção e isso talvez se eu não tivesse visto sua resenha me faria passar o livro um tanto longe.
    Pena que Hardy não é tão explorado no livro, mas quem sabe no outro isso é consertado.
    Adorei a resenha!!!

    lerelitarrio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Carla tudo bem? Gosto da escrita da Lisa em romances de época, mas esse ainda não conheço, e adorei a trama, me parece bem envolvente talvez os personagens não tão explorados possa ter seguimento no próximo livro. Parabéns pela resenha, bjs!

    ResponderExcluir
  12. Eu nunca tinha me interessado por este livro até ler na sua resenha que o livor aborda a amizade e o perdão e acho que o enredo tem tudo para me envolver.
    Valeu pela dica
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Nunca li nada da autora e acredito que não será por agora que irei ler. O enredo embora seja um romance aos moldes do que gosto, não me chamou muita a atenção, uma sensação de: já li isso em algum lugar. Mas enfim... Outro ponto que me fez deixar uma possível leitura dessa obra para um dia qualquer é que romances entre personagens que demoram a acontecer me incomodam bastante. Adoro quando não há tanta enrolação. Mas ainda assim, gostei de conhecer o livro. Bexus @prefirolercomcalma

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    eu passei por isso recentemente. Li um livro super amorzinho e divertido de uma autora e quando peguei um outro dela me deparei com muito mas muito drama, bem diferente do que eu estava esperando, confesso que acabei me frustrando com a experiência. Fico feliz que não tenha sido o seu casa, inclusive fiquei bem interessada nessa história e acredito que teria uma boa experiência de leitura com ele, que percebo faz muito meu estilo de leitura.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem Carla?

    Eu já conhecia "Protegida" por meio da editora Gutenberg, ainda não realizamos a leitura desse livro no blog, mas se surgir uma oportunidade vamos solicitar. Gostei muito da sua resenha e acho interessante a autora abordar temas como amizade e perdão!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  16. Ola,
    A capa deste livro e encantadora, posso ver como a história também em si parece ser bem encantadora. Com um enredo divertido e apaixonante assim comfescoque fiquei louco para adquirir o livro. Anotei a dica.

    ResponderExcluir

 
Google+